Aqui é o ponto de encontro de todos os que gostam de ler, de falar de livros, de ilustrar as passagens preferidas, de partilhar leituras…
Vamos conversar?
Neste espaço, podemos partilhar com os outros as nossas opiniões sobre livros/textos que apreciamos, leituras que adoramos e, também, conhecer novos livros interessantes. Leste um livro interessante? Então, fala-nos um pouco dele. Vem até aqui, ao nosso PONTO de ENCONTRO, um espaço que gostaríamos que fosse verdadeiramente NOSSO, de toda a Comunidade Educativa.
“Ler é sonhar pela mão de outrem.” Fernando Pessoa
publicado por Cidália Loureiro e Lídia Valadares | Segunda-feira, 09 Abril , 2012, 22:25

 

 

Podemos dizer que a expressão “música espanhola” é praticamente sinónima de Flamenco, apesar de existirem muitos géneros musicais (Folclore, Rock, Pop, Hip Hop, entre outros)…

De facto, se falarmos de música espanhola, vem-nos imediatamente ao pensamento o Flamenco – uma forma de arte que se manifesta não só através da música como também da dança. As suas origens remontam às culturas cigana e mourisca, com influências árabes e judaicas.

O Flamenco é associado, principalmente, à região de Andaluzia e tornou-se um dos símbolos da cultura espanhola.

Como qualquer tradição, sofreu várias transformações desde a sua origem. Inicialmente, o canto era a sua única forma de expressão; a guitarra, as palmas, o sapateado, a dança, o cájon e mesmo as célebres castanholas só mais tarde foram incorporadas. Atualmente, já se verificam influências da música moderna com o Jazz, o Pop e o Rock.

Camáron deu origem ao “Flamenco Fusion” e foi o mais popular e influente cantor do período moderno. Apesar do seu trabalho ter sido criticado pelos tradicionalistas, é considerado de grande importância por dar a conhecer às gerações mais novas a cultura do Flamenco.

O “Novo Flamenco” é uma mistura de Rumba, Salsa, Pop, Rock e Jazz.

Entre 1869 e 1910, durante a chamada época de ouro do Flamenco, este género artístico desenvolveu-se rapidamente nos chamados “cafés cantantes”. Os dançarinos também se tornaram numa das maiores atrações para o público desses cafés. Ao mesmo tempo, os guitarristas que os acompanhavam foram ganhando reputação e, dessa forma, nasceu, como uma arte própria - a guitarra do Flamenco. Julián Arca foi um dos primeiros compositores a escrever música flamenca, especialmente para guitarra.

A guitarra de Flamenco tradicional é feita de madeira de cipreste e abeto, é mais leve e um pouco menor que a guitarra clássica, com o objetivo de produzir um som mais agudo. O guitarrista mais famoso, neste âmbito, é Paco de Lucía.

Em 2010, o Flamenco foi reconhecido pela UNESCO como Património Imaterial da Humanidade.

Conhecer e apreciar o Flamenco é mergulhar num mundo de emoções singulares e conhecer um espaço genuíno da alma espanhola.

 

Cristiana Teixeira, 7º 1

 

 

         





Cristiana a 19 de Abril de 2012 às 09:56
Obrigada!
Este site é de facto uma grande via de cultura espanhola...
Aprendesse bastante aqui, principalmente pela maneira como está representado o texto, as imagens e os vídeos.
Está excelente!

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30


LER
“O prazer de ler e de escrever não é um acto solitário, é uma forma de entrar em relação com o outro, de partilhar uma paixão.” Cláudia Freitas, Leituras Cruzadas
blogs SAPO
subscrever feeds