Aqui é o ponto de encontro de todos os que gostam de ler, de falar de livros, de ilustrar as passagens preferidas, de partilhar leituras…
Vamos conversar?
Neste espaço, podemos partilhar com os outros as nossas opiniões sobre livros/textos que apreciamos, leituras que adoramos e, também, conhecer novos livros interessantes. Leste um livro interessante? Então, fala-nos um pouco dele. Vem até aqui, ao nosso PONTO de ENCONTRO, um espaço que gostaríamos que fosse verdadeiramente NOSSO, de toda a Comunidade Educativa.
“Ler é sonhar pela mão de outrem.” Fernando Pessoa
publicado por Cidália Loureiro e Lídia Valadares | Segunda-feira, 02 Abril , 2012, 16:07



No passado dia 7 de Março, a Escola E.B. 2,3 de Lamego contou com a grata presença de Alexandre Parafita, um escritor de raízes transmontanas, nascido em Sabrosa e autor de uma extensa obra publicada não só no domínio da literatura infanto-juvenil como também no âmbito do património oral português.

     Este encontro com o escritor, atividade inserida na Semana da Leitura realizada de 5 a 9 de Março, foi um momento dedicado a livros e a leituras, especialmente centrado no livro recentemente publicado “Magalhães nos olhos de um menino”, escrito a duas mãos, por um autor português – Alexandre Parafita e uma escritora brasileira – Simone de Fátima Gonçalves. Este livro recheado de emoções, que salienta a importância de uma figura histórica portuguesa pouco abordada pela nossa literatura – Fernão de Magalhães – bem como a ousadia e a coragem do povo português na época áurea dos Descobrimentos, foi a base para o desenvolvimento de atividades interdisciplinares entre Língua Portuguesa, História e História e Geografia de Portugal, com o apoio da Biblioteca Escolar.

     Nas duas sessões que decorreram com este escritor, alunos dos 2º e 3ºciclos desta Escola apresentaram atividades diversificadas que partiram quer de pesquisas efetuadas, quer da leitura do livro em foco ou de outros textos que com ele, de algum modo, estabeleciam uma relação de intertextualidade. Assim, no auditório da nossa Escola, pudemos desfrutar de momentos de grande beleza e riqueza cultural.

     Alunos do 5º3, com base num apurado trabalho de pesquisa e através da projeção de diapositivos, fizeram, com mestria, a apresentação das duas personalidades em evidência (Fernão de Magalhães e Alexandre Parafita), salientando dados biográficos relevantes de cada uma. O Clube de Teatro fez saltar para a sala personagens e autores do livro, proporcionando-nos instantes transbordantes de criatividade, originalidade, arte e geradores de boa disposição. O grupo de Jograis, constituído por alunos do 8º 2 e do 7º 1, num coro admiravelmente sincronizado, deu voz a Fernando Pessoa, lembrando a força e a importância do mar no sonho e na obra dos portugueses e recordando a morte de Fernão de Magalhães na viagem de circum-navegação. Alunos do 8º3 declamaram o poema “Os livros, companheiros leais”, transmitindo-nos a importância destes “amigos” inseparáveis no nosso trajeto de vida. Brindaram, também, os presentes com um poema da sua autoria – “Viagem pelo livro dos sonhos”. Alunos do 8º1 trouxeram até nós António Gedeão. Com o “Poema da malta das naus”, fizeram-nos recuar no tempo e, de forma sentida, trouxeram à memória a vida difícil, penosa dos marinheiros da época dos Descobrimentos, ao cruzarem os mares nem sempre hospitaleiros. Depois, foi a vez de um quarteto de alunos do 8º 2, em jeito coloquial, nos proporcionar um momento muito agradável, trocando impressões sobre algumas expressões que, após a leitura do livro “Magalhães nos olhos de um menino”, ficaram a tilintar nos seus ouvidos, na sua mente…

     Seguiu-se o espaço destinado à entrevista, aguardado por todas as turmas presentes, que tinham preparado cuidadosamente as questões que gostariam de colocar ao escritor. E assim aconteceu. Alexandre Parafita, salientando a pertinência e a inteligência evidenciada em algumas questões, saciou a curiosidade de todos, respondendo com clareza e visível agrado às perguntas apresentadas, enriquecendo os nossos conhecimentos.

     No final da sessão, o escritor agradeceu a maneira como foi recebido, os momentos raros que lhe proporcionaram e fez questão de salientar a elevada qualidade e a marcante originalidade dos trabalhos ali apresentados.

     E, antes de partirmos, tivemos direito a uma sessão de autógrafos.

     Foram momentos muito agradáveis, proporcionadores de imensa riqueza cultural e que ficarão registados na nossa memória.

 

 

 

Henrique Manuel Fernandes Mendes - 8º2

Rui Pedro Lopes Cardoso - 8º2


madalena 7º1 Nº13 a 7 de Maio de 2012 às 14:57
Acho que ta um texto belíssimo
ADOREI.....


mais sobre mim
Abril 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30


LER
“O prazer de ler e de escrever não é um acto solitário, é uma forma de entrar em relação com o outro, de partilhar uma paixão.” Cláudia Freitas, Leituras Cruzadas
blogs SAPO