Aqui é o ponto de encontro de todos os que gostam de ler, de falar de livros, de ilustrar as passagens preferidas, de partilhar leituras…
Vamos conversar?
Neste espaço, podemos partilhar com os outros as nossas opiniões sobre livros/textos que apreciamos, leituras que adoramos e, também, conhecer novos livros interessantes. Leste um livro interessante? Então, fala-nos um pouco dele. Vem até aqui, ao nosso PONTO de ENCONTRO, um espaço que gostaríamos que fosse verdadeiramente NOSSO, de toda a Comunidade Educativa.
“Ler é sonhar pela mão de outrem.” Fernando Pessoa
publicado por Cidália Loureiro e Lídia Valadares | Sexta-feira, 18 Novembro , 2011, 22:42

O dia 11 de Novembro de 2011 foi preenchido, na Escola EB 2, 3 de Lamego, com duas atividades que nos proporcionaram, simultaneamente, importantes aprendizagens, um proveitoso convívio e muita alegria: uma feira rural e um magusto.

O dia escolar teve início com a feira rural. Todas as turmas participaram, levando os seus produtos para as suas bancas, onde ficaram expostos para venda. Muitos eram produtos hortícolas, mas também havia  roupa, bijutaria, animais, etc…

Esta feira foi aberta ao público, nomeadamente aos familiares dos alunos desta escola, e envolveu a participação de um número significativo de pessoas. Os produtos expostos eram de boa qualidade, principalmente, os hortícolas e o seu preço era acessível, o que estimulou a sua venda.

Foi uma atividade bem organizada e com tanto êxito que deverá continuar a realizar-se nos próximos anos letivos. O sucesso deste evento deve-se aos professores da nossa escola, que muito se empenharam na sua organização e dinamização. Esta feira permitiu que os alunos se apercebessem da importância dos produtos, do seu valor e tivessem um conhecimento ativo da atividade comercial.

Ora, como todos sabemos, a 11 de Novembro celebramos o dia de São Martinho. Segundo reza a lenda, em épocas remotas, nesse mesmo dia, S. Martinho cavalgava debaixo de uma intensa tempestade, quando encontrou um homem pobre, quase sem vestes. Imediatamente, cortou a sua capa ao meio e deu metade ao desprotegido. Logo a seguir, aconteceu um milagre: a chuva e o vento desapareceram e o Sol surgiu vigoroso por entre as nuvens, como se fosse Verão. A partir daí, todos os anos esperamos que se cumpra a tradição para fazermos o magusto, agasalhados pelo “Verão de S. Martinho”. Desta vez, o Sol não apareceu, mas nós marcámos presença! E as castanhas também!

Assim, durante a tarde, teve lugar o nosso magusto no pátio interior da Escola. Os alunos de cada turma, acompanhados dos respetivos professores, reuniram-se à volta da sua mesa, devidamente sinalizada. E esta atividade teve direito a uma honrosa abertura, pois começou com a entrega dos Diplomas de Mérito aos alunos que se destacaram pelo bom aproveitamento na transição do quarto para o quinto ano. Orientou a cerimónia o Sr. Professor Mendes Dias (Subdiretor do AVL), que mencionava, individualmente, os alunos distinguidos. Cada aluno nomeado subia ao palco, recebia dos Senhores Professores Carlos Guerreiro (Adjunto da Direção) e Paulo Taveira (Presidente do Conselho Geral) o seu diploma e era calorosamente aplaudido pelos presentes, enquanto se tiravam fotografias.

Acabado este momento, entraram as castanhas sob uma vigorosa salva de palmas. Quentinhas e apetitosas, saciaram o nosso apetite, acompanhadas de sumos deliciosos. Depois deu-se início a um animado e participado bailarico.

E tudo isto debaixo do “chapeuzinho”, aquela recente cobertura do pátio interior que se tem revelado tão útil… Que bem estivemos neste espaço!

Tivemos direito a um convívio excelente, a uma experiência magnífica e a uma atividade “de mérito”! Esperamos repetir para o ano.

Henrique Mendes e Mariana Silva, 8º 2

 

No final, as opinões…

 

Hoje foi um dia em cheio! Tivemos uma feira que pretendia traduzir o que se passava antigamente e o magusto habitual na nossa Escola.

Na feira, aprendemos a trabalhar e a organizar-nos em conjunto e sem confusão, o que é muito importante para a nossa vida futura.      

                                                                                                                                                             Maria Manuel, 8º2

………………………………………

No dia 11, todos chegámos muito mais cedo, tal era a ansiedade de sermos vendedores por um dia… Correu tudo muito bem. Todos dançámos, cantámos e rimos e foi, sem dúvida, um magusto de que todos nós gostámos.

Mariana Cardoso, 7º1

…………………………………

Eu gostei muito desta feira, estava tudo muito bem organizado e os alunos também contribuíram para isso.

O magusto foi igualmente muito divertido, com música, castanhas, sumos e também crepes, que estavam deliciosos. É bom que a nossa escola realize atividades destas, para aliviarmos a cabeça do stress dos testes. Na minha opinião foi o melhor dia que já tive e também o mais atarefado!

Maria João Gonçalves, 8º 2

………………………………

 Na feira rural participaram muitas pessoas e conseguimos vender muitos produtos.

 No início do magusto foram distribuídos diplomas de mérito aos alunos de 5ºano. Aos alunos dos restantes anos, serão distribuídos no Natal. O ambiente estava muito agradável, as atividades foram ideias muito giras e estavam bem organizadas.

Ana Raquel Domingos, 8º2

…………………………………………..

 

Este dia tão esperado superou as nossas expectativas! A feira estava muito bem organizada, correu tudo muito bem e acho que todos desenvolvemos bem o “nosso trabalho”. Bem, na parte de tarde a alegria não acalmou, antes pelo contrário, aumentou…

Leandro Fonseca Nº 18 8º2

………………………………………

O dia de S. Martinho foi um dia inesquecível! De manhã foi a feira,  que não podia ter corrido melhor. De tarde, foi ótima a convivência com os colegas e professores. Pudemos saborear duas coisas: o sabor das castanhas e o sabor da tradição.

                Rui Cardoso, 8º2


Maria Manuel a 21 de Novembro de 2011 às 20:38
Espero que a feira rural se repita para o ano, pois foi um sucesso onde eu tive o privilégio de participar e colaborar!

Catarina Rebelo a 23 de Novembro de 2011 às 22:25
Foi um dia em grande, para recordar. Espero para o ano repetir.

Catarina Rebelo.

Ana Cardoso a 23 de Novembro de 2011 às 23:12
Gostei muito da feira porque achei em primeiro lugar muito divertida e que também nos ajudou a aprender a conviver e saber organizarmo-nos.
Acho que se devia repetir todos os anos.

Ana Cardoso, 5.6

Francisca Parente a 23 de Novembro de 2011 às 23:14

Penso que esta feira foi uma grande iniciativa para angariar dinheiro para a realização de uma visita de estudo.
Aprendi a ser vendedora e compradora mas ainda aprenderei mais com a visita de estudo.
Tive oportunidade de comprar vários produtos gastronómicos e também não gastronómicos (pulseiras, colares,…).
Adorei a feira rural e espero que se volte a repetir.

Francisca Parente, 5.6

Ana Cristina a 23 de Novembro de 2011 às 23:22

Toda a escola está de parabéns pela maneira como tudo aconteceu. Professores, alunos, funcionários e pais dos alunos muito colaboraram. Todos acreditámos e viu-se... foi um grande sucesso.
A Professora: Ana Cristina Matias

Anónimo a 24 de Novembro de 2011 às 18:05
A feira rural foi um dia muito produtivo.
Aprendemos a ser vendedores e conhecer os tempos antigos!!!
Espero que se repita todos os anos!!!

mais sobre mim
Novembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25

27
28
29
30


LER
“O prazer de ler e de escrever não é um acto solitário, é uma forma de entrar em relação com o outro, de partilhar uma paixão.” Cláudia Freitas, Leituras Cruzadas
blogs SAPO