Aqui é o ponto de encontro de todos os que gostam de ler, de falar de livros, de ilustrar as passagens preferidas, de partilhar leituras…
Vamos conversar?
Neste espaço, podemos partilhar com os outros as nossas opiniões sobre livros/textos que apreciamos, leituras que adoramos e, também, conhecer novos livros interessantes. Leste um livro interessante? Então, fala-nos um pouco dele. Vem até aqui, ao nosso PONTO de ENCONTRO, um espaço que gostaríamos que fosse verdadeiramente NOSSO, de toda a Comunidade Educativa.
“Ler é sonhar pela mão de outrem.” Fernando Pessoa
publicado por Cidália Loureiro e Lídia Valadares | Sábado, 29 Outubro , 2011, 20:17

Da autoria de Scott Westerfeld, da editora Vogais & Companhia e da colecção “Uglies”, a acção do livro “Imperfeitos” ocorre num futuro não tão distante quanto isso, onde existem dois mundos totalmente diferentes. Um desses mundos é o mundo Perfeito, onde não há pobreza, nem guerras, nem fome e onde os jovens, quando completam os 16 anos, se tornam belos, perfeitos, contudo idênticos, pois as transformações adequam-se a determinados padrões. No outro mundo, chamado “Fumo”, vivem os imperfeitos, que não concordam com as mudanças físicas das pessoas, aceitando-se tal como são.

Tally vive no mundo perfeito, tem apenas 15 anos e o seu maior sonho é ter uma aparência de supermodelo… Conhece Shay e tornam-se grandes amigas, apesar das diferenças entre elas. Shay não concorda com a mudança aos 16 anos, apesar de     Tally estar sempre a insistir que vai ser fantástico.

Quando falta uma semana para se tornarem perfeitas, Shay confessa a Tally, em absoluto segredo, que irá fugir para o “Fumo”.

No dia em que iria ocorrer a transformação de Tally, as Operações Especiais informam-na que, enquanto não revelar onde se encontra a amiga, não poderá tornar-se perfeita.

É então obrigada a fazer a pior escolha possível: encontrar a amiga e traí-la ou perder para sempre a possibilidade de se tornar perfeita. Que decisão irá ela tomar?...

Esta parte foi a mais emocionante para mim, pois tem a ver com a vida real, criou eco em mim… Quantas vezes, na nossa vida, temos de tomar decisões difíceis, dolorosas, que nos obrigam a optar entre duas coisas, duas pessoas, duas situações muito estimadas, com muito valor para nós?... Contudo, temos de escolher!

Este livro também nos faz reflectir sobre a influência que a sociedade exerce em nós, estipulando os modelos de perfeição, de beleza, de elegância que nós vamos seguindo ora de uma forma mais rigorosa, ora de uma maneira mais ligeira. Faz-nos pensar se não somos um pouco escravos desses modelos… Mais uma vez, temos oportunidade de optar: procurar seguir cegamente esses modelos ou não. E não será a sociedade castigadora para com os “imperfeitos”? A cada passo, somos obrigados a parar para reflectir.

É um livro extraordinário onde nós vamos reconhecendo pedacinhos da nossa vida e, também, muito interessante, pois a imaginação é imensa.

Encontrei este livro entre centenas deles e foi o título que me suscitou interesse. “Imperfeitos, mas que título mais original!”-pensei eu. Nem perdi tempo, li a sinopse, fiquei fascinada e adquiri-o de imediato. Leiam-no também!


Catarina Ferreira Rebelo, 8º 2


Catarina Rebelo a 14 de Novembro de 2011 às 21:13
Obrigada a todos. Sim, vou seguir o vosso conselho e continuar a escrever muitos textos. Beijinhos e, mais uma vez obrigada a todos (:

mais sobre mim
Outubro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
27
28

30


LER
“O prazer de ler e de escrever não é um acto solitário, é uma forma de entrar em relação com o outro, de partilhar uma paixão.” Cláudia Freitas, Leituras Cruzadas
blogs SAPO