Aqui é o ponto de encontro de todos os que gostam de ler, de falar de livros, de ilustrar as passagens preferidas, de partilhar leituras…
Vamos conversar?
Neste espaço, podemos partilhar com os outros as nossas opiniões sobre livros/textos que apreciamos, leituras que adoramos e, também, conhecer novos livros interessantes. Leste um livro interessante? Então, fala-nos um pouco dele. Vem até aqui, ao nosso PONTO de ENCONTRO, um espaço que gostaríamos que fosse verdadeiramente NOSSO, de toda a Comunidade Educativa.
“Ler é sonhar pela mão de outrem.” Fernando Pessoa
publicado por Cidália Loureiro e Lídia Valadares | Domingo, 20 Maio , 2012, 15:24


No passado dia 7 de Maio, os Jograis, um grupo constituído por alguns alunos do 7º1 e do 8º2 da Escola E.B. 2,3 de Lamego, do qual fazemos parte, proporcionaram um pequeno espetáculo aos alunos do 3º B do Centro Escolar de Penude (CEP).

Num dos nossos ensaios, os responsáveis por este projeto, Sr. Professor Adriano Guerra e Srª Professora Lídia Valadares, informaram-nos que tínhamos uma atuação agendado para dia 7 de Maio, no Centro Escolar de Penude. Também nos disseram que, para essa ocasião especial, uma vez que o público seria constituído essencialmente por crianças, iríamos incluir 3 textos aos já existentes e que vão sendo utilizados, ora uns, ora outros, de acordo com as diversas situações. Assim, foram inseridos poemas que captam facilmente a atenção dos mais novos, uma vez que são, para eles, mais fáceis de entender e refletem melhor as brincadeiras do seu dia a dia.

Quando chegou o “Dia D” e a hora exata, entrámos na carrinha para a nossa pequena viagem até ao CEP. Instalados nos lugares, tirámos logo os textos, como se tivesse sido combinado, e começámos a recitá-los em coro, procedendo a um ensaio prévio. Contudo, chegados ao destino, todos nos calámos simultaneamente como se o rádio tivesse sido desligado. Tinha chegado o momento e a nossa ansiedade era tanta que nem cabia dentro de nós.

Fomos atenciosamente recebidos pelo Sr. Professor João Brito, Coordenador do Centro Escolar de Penude, pela Srª Professora Maria Antónia, Responsável pela Biblioteca Escolar e pelo Sr. Professor Secundino, Professor dos alunos do 3º B.

Ao entrarmos na Biblioteca Escolar, local onde íamos recitar, verificámos que todos os alunos nos aguardavam, já sentados nos seus lugares e em silêncio. Ocupámos as nossas posições em frente a eles e olhámo-nos por momentos. Eles estavam expectantes, curiosos; nós, um bocadinho nervosos. Sabíamos que o público era exigente, atento aos mais pequenos pormenores e não queríamos desiludi-los. Pretendíamos surpreendê-los, entusiasmá-los pelo que fazíamos com tanto gosto. Começámos por recitar “ No Comboio Descendente” de Fernando Pessoa, seguido de um poema de Rui Affonso, intitulado “Estudo do Concerto”, depois, chegou a vez de “Cartas de Amor” de Fernando Pessoa. Por breves instantes, os nossos olhares cruzavam-se com os do público e as suas expressões manifestavam gosto, entusiamo, interesse pelo que viam e ouviam. Sentíamo-nos progressivamente mais confiantes e seguros. A seguir, foi a vez de “A Barata Baratinha e o Gato Maragato ” de Alexandre Parafita. De imediato, lemos um poema com um título bastante inspirador - “Liberdade”, também de Fernando Pessoa, e, finalmente, de Patrícia Joyce - “Balancé”.

A nossa atuação tinha chegado ao fim e o público aplaudia-nos calorosamente.

Ficámos todos muito felizes ao constatarmos que eles tinham estado muito atentos e interessados e tinham reagido a todas as nossas brincadeiras. Provaram tudo isto, no final, quando os senhores professores lhes perguntaram de que poemas tinham gostado mais e eles responderam recitando partes de alguns ou referindo, até, algumas das nossas brincadeiras. Nós elogiámos e aplaudimos o seu comportamento, pois foi exemplar.

Recebemos palavras de reconhecimento pelo nosso trabalho, que nos souberam muito bem e nos estimulam a continuar e a procurar fazer sempre melhor.

Foram, realmente, momentos muito agradáveis, vividos e partilhados com alunos de outros ciclos, de outras idades, que a todos enriqueceram.

Saímos de lá muito felizes: nós, com um chocolate na mão, e os professores, com umas lindas flores em vasos magnificamente decorados, ofertas de quem nos recebeu com tanta gentileza, afeto e simpatia.

Não esqueceremos estes momentos e agradecemos a maneira carinhosa como nos trataram.

                                                             José Miguel Siva 7º1

                                                             Mariana Cardoso 7º1


ana a 23 de Maio de 2012 às 08:44
Fantastico como sempre nao tenho duvidas de que sao fantasticos perfeitos,brilhantes...TUDO.
Ana Sequeira Nº2 8º2

Lídia Valadares a 24 de Maio de 2012 às 22:41
Ana,

O teu comentário é uma excelente forma de incentivar o trabalho dos colegas, o que é uma atitude louvável.
Obrigada pela tua participação.

Lídia Valadares

Denise Maia Cardoso 8º2 a 23 de Maio de 2012 às 17:03
"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena."-disse Fernando Pessoa. Tenho a certeza para estes onze alunos e dois professores vale mesmo tudo a pena pois as suas almas são gigantes, principalmente quando se trata de partilhar uma alegria e um talento com miniespectadores .
A união faz a força, o desejo um milagre e a alegria um vencedor. Este grupo tem tudo: é unido, tem desejo de fazer bem e melhor e alegria, porque actuam, ensaiam e até mesmo para falar dos jograis fazem-no com alegria.

Lídia Valadares a 24 de Maio de 2012 às 22:45
Denise,

O teu comentário está magnífico! Reflete o olhar de quem sabe apreciar, reconhecer e incentivar o trabalho e a postura dos outros e espelha a generosidade de quem partilha as alegrias dos colegas. A beleza do texto revela o teu gosto pela escrita. Foi um prazer lê-lo!
Obrigada pela tua participação e parabéns pelas tuas palavras.

Lídia Valadares

Anónimo a 25 de Maio de 2012 às 12:59

Denise, obrigado em nome dos jograis!!!

madalena pereira a 28 de Maio de 2012 às 13:52
Adorei o texto está belíssimo também adorei as fotosb estiveram todos muito bem...
Tambem gostei de ver a foto onde estão todos juntos ficaram mesmo bem ..
Adorei!!!!!!!!!!!!!!!
CONTINUEM A ESCREVER ASSIM ...

Mariana Cardoso 7º1 a 2 de Junho de 2012 às 15:28
Realmente é um prazer enorme fazer parte de um grupo tão unido e divertido como este e ler comentários tão belos como o da nossa colega Denise que nos inspiram como se de musas se tratasse que nos dão ainda mais força para continuarmos o nosso trabalho.
Portanto em nome dos Jograis agradeço a todos os que deixam comentários, porque para além de darem vida a este Blog nos dão imensa força.

Anónimo a 14 de Junho de 2012 às 13:15
Os jograis são uma forma de união e como diz a Denise a União faz a força. Pelos que os meus colegas disseram os jograis foram uma forma de eles aprenderem mais e eu concordo por isso CONTINUEM.

Maria João Nº21 8º2

mais sobre mim
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
25

27
28
29
30
31


LER
“O prazer de ler e de escrever não é um acto solitário, é uma forma de entrar em relação com o outro, de partilhar uma paixão.” Cláudia Freitas, Leituras Cruzadas
blogs SAPO